O conteúdo dessa página pode ser reproduzido desde que informado a fonte e o autor.

11 de nov de 2010

Nós católicos devemos ser mais fieis a Deus e a nossa religião. A polêmica entre Dom Luiz Gonzaga Bergonzini e Dom Demetrio Valentini


São Francisco de Assis no fim da sua vida junto com seus frades onde nenhum deles pôde se conter sem chorar. Ele se preocupou com a nossa religião e disse: “Ora, depois que deixei a direção da Ordem pela minha enfermidade, não trato agora senão de pedir a Deus pela nossa religião e de dar bom exemplo aos irmãos. E bem sei na verdade que, se a enfermidade me deixasse, a maior ajuda que poderia dar à religião seria pedir a Deus continuamente por ela, que Ele a governe, defenda e conserve”.

E nessa época São Francisco de Assis já tinha os doloridos estigmas, ferimento iguais os de Cristo quando foi crucificado, sentimento de dor física que para São Francisco era de grande alegria, pois o seu sofrimento chegava perto dos sofrimentos do Nosso senhor.

Relatei essa parte da vida de São Francisco de Assis, porque acho que estamos longe da nossa religião, muitos "fiéis" vão as Missas, mas não são verdadeiramente convertidos, não somos bons exemplos, alem disso a grande maioria dos nossos Padres se confundem como homens comuns no meio das multidões, vejo jovens Sacerdotes vestidos como se fossem play-boys.

Será que temem ser identificados como Padres e discípulos de Cristo?

E isso meus irmãos, afasta os que realmente tem sede de Deus e os levam a procurar outras águas.

Vejo jovens católicos e católicas buscando alegrias falsas fora dos mandamentos de Deus, e isso os levarão a fazer parte das famílias destruídas se não forem reconduzidas junto ao amor de Deus.

E isso é culpa de quem? Deles? De Deus? Não meus irmãos, a culpa está nos pastores que se afastam do seu pastoreio, sendo os primeiros a dar maus exemplos, não falo aqui da família, pois ela já se encontra no inicio do fim, salvo algumas que ainda lutam bravamente para mantê-la unida em torno dos Sagrados dons de Deus e na honra de pai e mãe.

A grande maioria dos padres não se comporta como Sacerdotes de Cristo. Tenho certeza em não estar cometendo nenhum pecado escrevendo isso, porque Cristo nos ensinou como principal condição evitar o pecado e sermos todos nós seus discípulos.

Onde estão os discípulos de Cristo, os construtores dos pilares da Sua Igreja? Muitos estão no mundo materialista dirigindo belos automóveis, sendo que Cristo orientou seus discípulos a evangelizar como pobres e não como ricos.

Ou são protagonistas na criação de novas ideologias e teorias de origem humana, portanto falhas como todos os homens o são.

Citando novamente São Francisco de Assis que foi uma Luz que iluminou o caminho para Cristo: "Sua maior intenção, seu desejo principal e plano supremo era observar o Evangelho em tudo e por tudo, imitando com perfeição, atenção, esforço, dedicação e fervor os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo no seguimento de sua doutrina". (Vida de S. Francisco - 1Cel 84)

Dessa forma meus irmãos não existem outros caminhos para nós cristãos se não os evangelhos. Caso contrário deixaremos de ser o sal do mundo, o sentido de nos manifestarmos como filhos e filhas de Deus.


As respostas e os resultados vergonhosos disso tudo me foram dados nas eleições deste ano de 2010, houve discórdias em toda a Igreja. O bispo de Jales D. Demétrio Valentini e o de Guarulhos Dom Luiz Gonzaga Bergonzini trocaram cartas ríspidas. Eu estou com Dom Luiz Gonzaga, pois ele defendeu o os Evangelhos dito  por Nosso Senhor Jesus Cristo...

Outros se calam diante de um pecado como o ABORTO que está prestes a ser aprovado no Brasil. O que me deixa assombrado é o motivo da discórdia no clero... Não deveria ser de união se são discípulos de Cristo? Então porque alguns bispos e padres se posicionam a favor das ideologias e do poder, abandonando os evangelhos de Jesus Cristo?

Se nossos governantes erram, cometem pecados, não são culpa deles não, porque todos foram eleitos pela maioria do povo, eles vieram do meio de nós. Nós cristãos católicos estamos fracos e falhos, Deus quer mais de nós. Deus quer que aumentemos nossa Fé com F maiúsculo. Apenas dessa forma teremos paz, porque Nosso senhor Jesus Cristo nos deu a Paz.

Sou apenas um leigo sem autoridade dada por algum padre, bispo ou o Papa, mas não abro mão do amor que sinto por Cristo e o orgulho de ser católico.

Assim sendo, louvo a Deus aos poucos Sacerdotes como Dom Luiz Gonzaga e José Augusto da Canção Nova que ainda agem como verdadeiros discípulos de Cristo, "diferentes" como todos os homens santos o são, isso porque imitam a Cristo. Portanto nunca se perdem no meio das coisas do mundo e nem diante dos olhos de Deus.

Meus queridos e Santos Sacerdotes que Deus vos abençoe e proteja vocês todos nas suas árduas missões de evangelizar um rebanho assustado e já com muitas duvidas dentro dos seus corações.

Meu Jesus olhe por nós, São Francisco de Assis patrono da ecologia e da vida rogue por nós, Nossa Senhora Mãe e de Deus rogai por nós...

E como São Francisco de Assis disse: vamos pedir a Deus que fortaleça nossa religião com homens bons e de Fé e afaste alguns cupins que vem corroendo seus pilares.

(II Timóteo 3: 1-5)
1 Nota bem o seguinte: nos últimos dias haverá um período difícil.
2. Os homens se tornarão egoístas, avarentos, fanfarrões, soberbos, rebeldes aos pais, ingratos, malvados, 3 desalmados, desleais, caluniadores, devassos, cruéis, inimigos dos bons, 4 traidores, insolentes, cegos de orgulho, amigos dos prazeres e não de Deus, 5 ostentarão a aparência de piedade, mas desdenharão a realidade. Dessa gente, afasta-te!

Publicado também no blog http://caminho.perfeito.zip.net/

Nenhum comentário: