O conteúdo dessa página pode ser reproduzido desde que informado a fonte e o autor.

13 de nov de 2017

NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS





Súplica:

Ó Imaculada Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe, ao contemplar-vos de braços abertos derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança na vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas inúmeras culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expor, durante esta oração, as nossas mais prementes necessidades (momento de silêncio e de pedir a graça desejada).
.
Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiantes vos solicitamos, para maior Glória de Deus, engrandecimento do vosso nome, e o bem de nossas almas. E para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmar sempre como verdadeiros cristãos. Amém -
.
(Rezar 3 Ave Marias) - Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.
.
Oração Final:
Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa Santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso amado filho a humildade, a caridade, a obediência, a santa pureza de coração, de corpo e espírito, a perseverança na prática do bem, a castidade, uma santa vida e uma boa morte.
Amém.

"No dia 27 de novembro, a Igreja comemora a Festa de Nossa Senhora das Graças. Foi no ano de 1830, que Maria Santíssima apareceu a Santa Catarina Labouré. “A Senhora tinha dedos cobertos de anéis e pedrarias preciosas de indivisível beleza, dos quais desprendiam raios luminosos para todos os lados, envolvendo a Virgem de extraordinário esplendor”. Os raios eram os símbolos das graças a serem derramadas sobre as pessoas que as pedem.
Maria pediu a Catarina para cunhar uma medalha como a aparição e com os dizeres: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós”. E prometeu que derramaria grandes e abundantes graças às pessoas que usarem a medalha com confiança."



9 de nov de 2017

SEMPRE MARIA



Quando o anjo Gabriel saúda Maria, exclama: “Salve, ó cheia de graça, o Senhor está contigo” (Lc 1,28), e essa é a saudação que o próprio Deus faz a Virgem Maria.
São Luis Grignion de Montfort escreve: “Deus Espírito Santo comunicou a Maria, sua fiel esposa, seus dons inefáveis, escolhendo-a para dispensadora de tudo que Ele possui. Deste modo, Ela distribui seus dons e suas graças a quem quer, e dom nenhum é concedido aos homens, que não passe por suas mãos virginais.” Como dispensadora das graças, Maria é a Mãe preocupada com nossa salvação e nos orienta para junto do Seu Filho Jesus.
Maria é invocada por muitos títulos decorrentes de uma situação da sua vida ou de um local que apareceu, dentre eles, temos:

No dia 21 de novembro, celebra-se a Festa da Apresentação de Nossa Senhora.
Aos três anos, Maria, foi levada por seus pais Joaquim e Ana ao templo, para ser consagrada a Deus e ali educada. Desde muito pequena, Maria entrega-se e dedica-se totalmente e livremente a Deus, impelida pelo Espírito Santo desde sua concepção Imaculada.
Por meio deste serviço a Deus no templo, Maria preparou seu corpo, e, principalmente, sua alma para receber o Filho de Deus.

No dia 27 de novembro, a Igreja comemora a Festa de Nossa Senhora das Graças. Foi no ano de 1830, que Maria Santíssima apareceu a Santa Catarina Labouré. “A Senhora tinha dedos cobertos de anéis e pedrarias preciosas de indivisível beleza, dos quais desprendiam raios luminosos para todos os lados, envolvendo a Virgem de extraordinário esplendor”. Os raios eram os símbolos das graças a serem derramadas sobre as pessoas que as pedem.
Maria pediu a Catarina para cunhar uma medalha como a aparição e com os dizeres: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós”. E prometeu que derramaria grandes e abundantes graças às pessoas que usarem a medalha com confiança.

No dia 08 de dezembro, a Igreja comemora a Imaculada Conceição de Maria. A Imaculada Conceição foi definida como dogma pelo Papa Pio IX no dia 08 de dezembro de 1854.
Maria foi concebida sem pecado original em vista dos méritos futuros de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor. Apesar de humana, nunca foi sujeita ao pecado, Ela é cheia de graça, cheia de Deus.
Mesmo não sendo feriado é dia santo de guarda, e devemos como bons cristãos, participar da Santa Missa para louvar a Deus e agradece-lo por ter nos dado Maria Santíssima como nossa Mãe, medianeira e exemplo a seguir.

No dia 12 de dezembro, a Igreja comemora Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina.
Em 1531, Nossa Senhora apareceu ao índio Juan Diego pedindo que fosse construído em templo para mostrar todo o seu amor, compaixão, socorro e proteção a todos que amam, invocam e confiam nela.
Maria deixou sua própria imagem impressa milagrosamente em seu Tilma, um tecido de pouca qualidade, feito a partir do cacto.
E assim Maria Santíssima tem derramado sua assistência maternal a todos que a invocam com fé e confiança.
Salve Maria!

Fonte Jornal REDIL DO BOM PASTOR.
Maria Regina Duarte Lima (Serva da Comunidade Redil do Bom Pastor)



ADVENTO:Qual o significado da Coroa do Advento?


É um círculo de folhagens verdes, sua forma simboliza a eternidade e sua cor representa a esperança e a vida…
Deus se faz presente na vida de todo ser humano e de todas as formas deixa-nos sentir seu amor e desejo de nos salvar. A palavra ADVENTO é de origem latina e quer dizer CHEGADA. É o tempo em que os cristãos se preparam para a vinda de Jesus Cristo. O tempo do advento abrange quatro semanas antes do Natal.

Atualmente há uma grande preocupação em reavivar este costume muito significativo e de grande ajuda para vivermos este tempo. A coroa ou a grinalda do Advento é o primeiro anúncio do Natal. É um círculo de folhagens verdes, sua forma simboliza a eternidade e sua cor representa a esperança e a vida. Vem entrelaçado por uma fita vermelha, símbolo tanto do amor de Deus por nós como também de nosso amor que aguarda com ansiedade o nascimento do Filho de Deus.

No centro do círculo se colocam as quatro velas para se acender uma a cada domingo do Advento. A luz das velas simboliza a nossa fé e nos leva a oração, elas simbolizam as quatro manifestações de Cristo:

1° Encarnação, Jesus Histórico;
2° Jesus nos pobres e necessitados;
3° Jesus nos Sacramentos;
Parusia: Segunda vinda de Jesus.

No Natal se pode adicionar uma quinta vela branca, até o término do tempo natalino e, se quisermos, podemos por a imagem do Menino Jesus junto à coroa: temos que nos atentar, porém, que o Natal é mais importante do que a espera do Advento.

Essa coroa é originária dos países nórdicos (países escandinavos, Alemanha), a qual contém raízes simbólicas universais: a luz como salvação, o verde como vida e o formato redondo como eternidade.

Simbolismos esses que se tornaram muito adequados ao mistério natalino cristão, e que por isso, adentraram facilmente nos países sulinos. Visto que se convertera rapidamente em mais um elemento de pedagogia cristã para expressarmos a espera de Jesus como Luz e Vida, em conjunto com outros símbolos, certamente mais importantes, como são as leituras bíblicas, os textos de oração e o repertório de cantos.

O comércio e o sistema deste mundo fazem questão de esquecer o verdadeiro sentido do Natal e nós podemos cair nessa, mas é possível dar presente e celebrar o verdadeiro sentido: O Menino Jesus é o nosso grande presente!

Sugestão: você pode fazer uma coroa do Advento em sua casa e celebrar com sua família à luz da nossa fé a chegada de Jesus Cristo nosso Salvador. E a cada Domingo ir acendendo as velas, convidando seus familiares para rezar.

Oração: Senhor Jesus celebrar o teu Natal é fazer da minha vida, da minha casa um lugar de eternidade e salvação. Que a Tua luz brilhe em cada coração. Acendendo cada vela desta coroa do Advento queremos acender a esperança, o amor, a fraternidade e a Salvação que é o grande presente que queremos dar a todos que amamos através do menino Jesus que vai nascer em nossa família.

Como você se prepara para celebrar esta grande festa do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo?Clique em comentários e diga como você vive este tempo litúrgico?

Natal feliz é Natal com Cristo!
Minha benção fraterna+

Padre Luizinho,
Com. Canção Nova
FONTE:
http://www.catequisar.com.br/

24 de out de 2017

ORAÇÃO PODEROSA DE SANTA TEREZINHA DO MENINO JESUS



O Reverendíssimo Padre Antônio Putingan, SJ, no dia 3 de dezembro de 1925, começou uma novena em honra de Santa Teresinha do Menino Jesus pedindo à milagrosa santa uma graça importante. Pediu o padre à Santa Teresinha que lhe desse um sinal de que a novena era ouvida, e este sinal seria receber uma rosa fresca e desabrochada de alguém.

ORAÇÃO PODEROSA DE SANTA TEREZINHA DO MENINO JESUS - EDITADO POR : Maury Ribeiro da Silva

Canal youtube: Áquila Ribeiro Hanbrich


19 de out de 2017

O AMOR: I CORINTIOS 13- VÍDEO VOZ CID MOREIRA



Os dons espirituais e a caridade  I Corintios 13

"1.Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver caridade, sou como o bronze que soa, ou como o címbalo que retine. 
2.Mesmo que eu tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência; mesmo que tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, não sou nada. 
3.Ainda que distribuísse todos os meus bens em sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, se não tiver caridade, de nada valeria! 
.
4.A caridade é paciente, a caridade é bondosa. Não tem inveja. A caridade não é orgulhosa. Não é arrogante. 
5.Nem escandalosa. Não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor. 
6.Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. 7.Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 
.
8.A caridade jamais acabará. As profecias desaparecerão, o dom das línguas cessará, o dom da ciência findará. 
9.A nossa ciência é parcial, a nossa profecia é imperfeita. 10.Quando chegar o que é perfeito, o imperfeito desaparecerá. 
.
11.Quando eu era criança, falava como criança, pensava como criança, raciocinava como criança. Desde que me tornei homem, eliminei as coisas de criança. 
12.Hoje vemos como por um espelho, confusamente; mas então veremos face a face. Hoje conheço em parte; mas então conhecerei totalmente, como eu sou conhecido. 
.
13.Por ora subsistem a fé, a esperança e a caridade - as três. Porém, a maior delas é a caridade."



12 de out de 2017

Dai-Nos a Bênção!!! (Nossa Senhora Aparecida)- Anjos de Resgate



Ó Virgem Santíssima, cheia de bondade e poder, lançai sobre nós um olhar favorável para que sejamos socorridos em todas as necessidades em que nos achamos. Assim, pois, Senhora, livrai-nos de tudo o que possa ofender a vós e ao vosso Divino Filho, meu Redentor e Senhor Jesus Cristo. Nossa Senhora da Conceição Aparecida - Padroeira do Brasil - Comemoração:12/Outubro


Mãe Eu Voltei - Homenagem a Nossa Senhora Aparecida



(composição: Alex Dias e Roberto Rockembach)
Música gravada pela Banda Mercosul em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil e da Banda. Letra: ROBERTO ROCKEMBACH E ALEX J. DIAS - COMPOSIÇÃO: ALEX J. DIAS -


O encontro da Imagem de Nossa Senhora.


10 de out de 2017

MISSA DA BENÇÃO PARA O POVO BRASILEIRO- Pe. Osvaldo de Oliveira Rosa



Nossa Senhora Mãe de Deus e de todos nós, abençoe o Brasil e nos livre de todo mal que possa nos ameaçar, somos Seu Povo, somos Seus Filhos e amados pelo Pai.
Interceda Mãe por cada um de nós, cada pedido feito sob lágrimas e muitá Fé em Seu Filho Jesus. 
Amém! 



28 de set de 2017

Jesus ensina a ler a Bíblia


(Escrito por: Pe. Álvaro Macagnan)

Ouvi muitas pessoas dizerem que começaram a leitura da Bíblia e desistiram por não compreender o que estava escrito. E que o modo de Deus agir é difícil de assimilar pois se manifesta castigando, vingando…, por outro lado, falava às pessoas e hoje parece ter-se calado. Mesmo assim, em Setembro, mês da Bíblia, somos chamados pela Igreja, a nos aproximar das Escrituras. Mas como fazê-lo de uma maneira que não nos assuste e não nos desanime e tenha sentido para a nossa vida e nossa caminhada?
.
“As palavras que vos disse são espírito e vida” (Jo 6,63b)
.
Jesus mesmo nos ajuda a compreendermos as características da Palavra ao dizer que ela é espírito e vida. É próprio do espírito o seu caráter dinâmico, pois é sopro (ruah), vento, livre, maleável, de tal modo que não se pode prendê-lo, enquadrá-lo. Portanto, é uma realidade dinâmica que precisa ser captada no hoje da nossa existência e não congelado em um passado distante e incompreensível. É no presente das pessoas e comunidades que ele se transforma em vida. A Palavra deixa de ser um corpo estranho se a percebermos como ação de Deus geradora de vida: “Faça-se … e fez-se…” . Deus continua a vir até nós com sua Palavra criadora, esta palavra atravessa e ultrapassa a Bíblia. Hoje ela continua a ser dinâmica (espírito) e criadora(vida). Se é assim, então para que recorremos ao texto bíblico? “Não ardia o nosso coração quando ele nos falava pelo caminho, quando nos explicava as escrituras?” (Lc 24,32)
.
As escrituras precisam ser entendidas no caminho, na vida cotidiana. Nos ensina Carlos Mesters que na Bíblia há tudo o que faz chorar e sorrir, ou seja, a existência que se manifesta na alegria, na festa, na dança, na reza, na luta, na dor, na derrota, no recomeço…. Jesus mostra aos discípulos de Emaús, caminhando com eles, que a escritura ganha sentido quando iluminada pela vida concreta. E aquela por sua vez ajuda a encontrar o sentido mais profundo da vida. Jesus, que continua sua caminhada conosco, é o exegeta a mostrar que temos que misturar a Vida com a Bíblia e a Bíblia com a nossa Vida para podermos compreendê-la, e para que o nosso coração possa arder.
.
“…é semelhante a um pai de família que do seu tesouro tira coisas novas e velhas.” (Mt 13,52)
Novamente Jesus nos dá outro indicativo interessante para lermos a Bíblia e a Vida. Deve ser lida na perspectiva do reinado de Deus que se faz concreto na vida do seu povo. Jesus aponta que aquele que está dentro da perspectiva do Reino, é como um pai de família que tira coisas novas e velhas do seu tesouro. O maior tesouro que temos é a vida. Isso me faz comparar a Bíblia e a vida com uma colcha de retalhos, também feita de panos novos e velhos. Fazer uma colcha de retalhos exige paciência para ir juntando, aos poucos, os pedaços antigos e guardando os novos sem deixá-los se perder; exige sensibilidade e criatividade para dispor as cores de maneira harmoniosa, separar o que presta e o que deve ser descartado e por último habilidade para costurar tudo em uma única nova peça. O povo de Deus na Bíblia também faz como quem monta colcha de retalhos. Junta histórias antigas, cânticos, preces, mitos, narrativas de libertação, ditados, profecias, atas, novelas…, que são importantes para entender e dar sentido à sua vida e à sua história, e agrupam tudo em uma grande colcha, a Bíblia. Quando lemos um livro da Bíblia percebemos ali várias histórias, de várias épocas, basta observar a quantidade de citações de outros livros que aparecem num só livro. Jesus também foi um mestre na arte de fazer colcha de retalhos, por exemplo ao dizer que dava um novo mandamento aos seus discípulos de amarem-se uns aos outros, citando um texto antigo do Lv 19,18.
.
“…quem escuta a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna…” (Jo 5,24)
Uma colcha de retalhos é nova, embora os tecidos que estão nela costurados são de diversas épocas, tamanhos e cores. Qual é, então, a costura que faz com que possamos chamar de Palavra de Deus experiências de vida tão diversas como as encontradas nos diferentes livros da Bíblia? E qual é a costura que une as diversas dimensões de nossas vidas? Mais uma vez Jesus nos mostra a saída. É a fé no Deus da vida e da história, a certeza de que Ele caminha conosco e caminhou com o povo da Bíblia que costura e que torna nova e bela as diversas realidades humanas tocadas por Deus. É a fé que une o local e o universal, o presente ao passado e ao futuro, abre espaços e rompe limites, até os da morte.
.
“Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste essas coisas aos sábios e doutores e as
revelaste aos pequeninos.” (Mt 11,25)
Em toda a história do povo de Deus e na vida de Jesus, os pequenos, pobres, excluídos de todos os tipos, foram aqueles que estiveram abertos para o Reino. E Deus sempre fez opção preferencial por aqueles que não tinham nenhuma perspectiva do ponto de vista econômico, político, religioso e social. São esses os primeiros a seguir Jesus. Assim, eles são critério para compreender o modo de Deus agir na Bíblia e na Vida. A leitura da Bíblia e a leitura da Vida precisa ser com e através dos pobres hoje, dos excluídos; para que tenha um mínimo de fidelidade ao projeto sonhado por Deus.
.
“Jesus fez ainda, diante de seus discípulos, muitos outros sinais, que não se acham escritos neste livro.” (Jo 20,30)
Jesus continua a caminhar diante de seus discípulos e continua a fazer muitos sinais. Voltamos a perceber que a Palavra de Deus atravessa mas, não se esgota na Bíblia. É preciso que agucemos nossa sensibilidade, fortaleçamos nossa fé e nosso compromisso com os excluídos para ler o grande livro da vida, iluminados pela Bíblia que Deus continua a escrever. Todos somos chamados a sermos criativos em reunir retalhos velhos e novos, e com eles continuar na tarefa de tecer a colcha do Reino de Deus e da nossa vida, onde todos possam agasalhar-se.

FONTE: https://semeandocatequese.wordpress.com/


A PALAVRA DE DEUS DEVE SER DIVULGADA SEM MEDO.

Clique na foto para ampliar: 



Muitos cristão tem receio de evangelizar, citar a Palavra de Deus que sem dúvida é a mais forte e verdadeira orientação para que sigamos em frente, para que tenhamos coragem para ultrapassar obstáculos hostis, para que lutemos contra o mal e contra nós mesmos nos momentos de fraqueza espiritual. 
.
É na Palavra de Deus que encontraremos refugio, e isso o Senhor disse a São Paulo para nunca calar porque Ele sempre estaria com ele impedindo a aproximação de pessoas que poderiam tentar algum mal. 
.
A Fé é a nossa mais poderosa arma, ela vai impedir que tenhamos medo de falar em público para evangelizar os ensinamentos divinos vindos da Palavra de Deus: escritos no nosso Sagrado Livro, a Bíblia que foi toda inspirada pelo Espirito Santo, portanto uma fonte inesgotável de transformação do homem. 
.
Assim meus amados e amadas oremos e peçamos a Deus que aumente a nossa Fé, para que sejamos seus soldados destemidos na propagação da Sua Santa Palavra, ai está sem dúvida o caminho para que tenhamos PAZ E PROSPERIDADE  na Terra.    
     

Atos 18,9-11
Numa noite , o Senhor disse a Paulo em visão:
"Não Temas! Fala e não te cales. 10 Porque eu estou contigo. Ninguém se aproximará de ti para te fazer mal, pois tenho um numeroso povo nesta cidade.
11 Paulo deteve-se ali um ano e seis meses, ensinando a eles a Palavra de Deus"



23 de set de 2017

São Pio de Pietrelcina apresentado pelo Pe. Paulo Ricardo




Padre Pio de Pietrelcina - Imagens raras



Herdeiro espiritual de São Francisco de Assis, o Padre Pio de Pietrelcina foi o primeiro sacerdote a ter impresso sobre o seu corpo os estigmas da crucifixão. Ele é conhecido em todo mundo como o "Frei"estigmatizado.
.
O Padre Pio, a quem Deus deu dons particulares e carismas, se empenhou com todas as suas forças pela salvação das almas. Os muito testemunhos sobre a grande santidade do Frei, chegam até os nossos dias, acompanhados de sentimentos de gratidão. Suas intercessões providencias junto a Deus foram para muitos homens causa de cura do corpo e motivo de renovação do espírito.
.
O Padre Pio de Pietrelcina que se chamava Francesco Forgione, nasceu na Pietrelcina, num pequeno povo da Província de Benevento, em 25 de maio de 1887. Pertencia a uma família humilde tendo como pai Grazio Forgione e a mãe Maria Giuseppa Di Nunzio tinham outros filhos. Desde muito menino Francesco experimentou em si o desejo de consagrar-se totalmente a Deus e este desejo o distinguia de seus coetâneos. Tal "diferença" foi observada por seus parentes e amigos. Narra a mamãe Peppa: "Não cometeu nunca nenhuma falta, não tinha caprichos, sempre obedeceu a mim e a seu pai, a cada manhã e a cada tarde ia à igreja visitar a Jesus e a Virgem. Durante o dia não saia nunca com os seus companheiros. Às vezes eu dizia: - "Francì vá um pouco a brincar". Ele se negava dizendo: - "Não quero ir porque eles blasfemam". Do diário do Padre Agostinho de San Marco em Lamis, o qual foi um dos diretores espirituais do Padre Pio, soube que o Padre Pio, desde 1892 quando tinha apenas cinco anos, viveu já suas primeiras experiências místicas espirituais. Os Extasies e as aparições foram freqüentes, mas para o menino pareciam serem absolutamente normais.
.
Com o passar do tempo, realizou-se para Francesco o que foi o seu maior sonho: consagrar totalmente a sua vida a Deus.
.
Em 6 de janeiro de 1903, aos dezesseis anos, entrou como clérigo na ordem dos Capuchinhos. Foi ordenado sacerdote na Catedral de Benevento, a 10 de agosto de 1910. Teve assim início sua vida sacerdotal que por causa de suas condições precárias de saúde, se passou primeiro em muitos conventos da província de Benevento. Esteve em vários conventos por motivo de saúde, assim, a partir de 4 setembro de 1916 chegou ao convento de San Giovanni Rotondo, sobre o Gargano, onde ficou até 23 de setembro de 1968, dia de seu pranteado falecimento.
.
Nesse longo tempo o Padre Pio iniciava seus dias despertando-se a noite, muito antes da aurora, se dedicava a oração e com grande fervor aproveitando a solidão e silêncio da noite. Visitava diariamente por longas horas a Jesus Sacramentado, preparando-se à Santa Missa, e daí sempre tirou as forças necessárias, para seu grande trabalho com as almas, levando-as até Deus no Sacramento da Confissão. Atendia confissão por longas horas, até 14 horas diárias, e assim salvou muitas almas.
. Um dos acontecimentos que marcou intensamente a vida do Padre Pio foi que se verificou na manhã do 20 de setembro de 1918, quando, rezando diante do Crucifixo do coro da velha e pequena igreja, o Padre Pio recebeu o maravilhoso presente dos estigmas. Os estigmas ou as feridas foram visíveis e ficaram abertas, frescas e sangrentas, por meio século. Este fenômeno extraordinário tornou a chamar, sobre o Padre Pio a atenção dos médicos, dos estudiosos, dos jornalistas, enfim sobre toda a gente comum que, no período de muitas décadas foram a San Giovanni Rotondo para encontrar o santo frade.
.
Numa carta ao Padre Benedetto, datada de 22 de outubro de 1918, o Padre Pio narra a sua "crucifixão": O que posso dizer aos que me perguntam como é que aconteceu a minha crucifixão? Meu Deus! Que confusão e que humilhação eu tenho o dever de manifestar o que Tu tendes feito nessa mesquinha criatura!"
.
Foi na manhã do 20 do mês passado ( setembro ) no coro, depois da celebração da Santa Missa, quando fui surpreendido pelo descanso do espírito, pareceu um doce sonho. Toso os sentidos interiores e exteriores, além das mesmas faculdades da alma, se encontraram numa quietude indescritível. Em tudo isso houve um silêncio em torno de mim e dentro de mim; senti em seguida uma grande paz e um abandono na completa privação de tudo e uma disposição na mesma rotina.
.
Tudo aconteceu num instante. E em quanto isso se passava, eu vi na minha frente um misterioso personagem parecido com aquele que tinha visto na tarde de 5 de agosto. Este era diferente do primeiro, porque tinha as mãos, o pés e o peito emanando sangue. A visão me aterrorizava, o que senti naquele instante em mim não sabia dizê-lo. Senti-me desfalecer e morreria, se Deus não tivesse intervindo sustentar o meu coração, o qual sentia saltar-me do peito. A visão do personagem desapareceu e dei-me conta de que minhas mãos, pés e peito foram feridos e jorravam sangue. Imaginais o suplício que experimentei então e que estou experimentando continuamente todos os dias. A ferida do coração, continuamente, sangra. Começa na quinta feira pela tarde até sábado. Meu pai, eu morro de dor pelo suplício e confusão que experimento no mais íntimo da alma. Temo morre en sangue, se Deus não ouvir os gemidos do meu pobre coração, e ter piedade de retirar de mim está situação..."
.
Durante anos, de todas as partes do mundo, os fiéis foram a este sacerdote estigmatizado, para conseguir a sua potente intercessão junto a Deus. Cinqüenta anos passados na oração, na humildade, no sofrimento e no sacrifício, de onde para atuar seu amor, o Padre Pio realizou duas iniciativas em duas direções: uma vertical até Deus com a fundação dos "Grupos de ruego", hoje chamados "grupos de oração"e outra horizontal até os irmãos, com a construção de um moderno hospital: "Casa Alívio do Sofrimento".
.
Em setembro os 1.968 milhares de devotos e filhos espirituais do Padre Pio se reuniram em um congresso em San Giovanni Rotondo para comemorar o 50 aniversário dos estigmas e celebrar o quarto congresso internacional dos Grupos de Oração. Ninguém imaginou que às 2h30 da madrugada do dia 23 de setembro de 1968, seria o doloroso final da vida do Padre Pio de Pietrelcina. Deste maravilhoso frei, escolhido pro Deus para derramar a sua Divina Misericórdia de uma maneira especial.
.
Fonte texto:
http://www.padrepio.catholicwebservices.com/PORTUGUES/Biografia_port.htm




11 de set de 2017

Mãe Maria - 10/09/17- São Mateus 18, 15-20



Apresentado pelo Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, o programa Mãe Maria é um tempo dedicado à reflexão e oração, à luz do Evangelho proposto pela liturgia de cada dia. Inspirada no exemplo de Nossa Senhora, a reflexão ilumina a realidade, o caminhar da Igreja e a vida de cada discípulo missionário de Cristo Jesus.

Trecho dos Evangelhos citado neste vídeo.
São Mateus 18, 15-20
"15 Se teu irmão tiver pecado contra ti, vai e repreende-o entre ti e ele somente; se te ouvir, terás ganho teu irmão. 
16.Se não te escutar, toma contigo uma ou duas pessoas, a fim de que toda a questão se resolva pela decisão de duas ou três testemunhas. 17.Se recusa ouvi-los, dize-o à Igreja. E se recusar ouvir também a Igreja, seja ele para ti como um pagão e um publicano. 
18.Em verdade vos digo: tudo o que ligardes sobre a terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes sobre a terra será também desligado no céu. 
19.Digo-vos ainda isto: se dois de vós se unirem sobre a terra para pedir, seja o que for, consegui-lo-ão de meu Pai que está nos céus. 
20.Porque onde dois ou três estão reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles." 


10 de set de 2017

Pelos Prados e Campinas Salmo 22



Vídeo apresentado na missa dos Pequenos Missionários e Catequese na Paróquia Cristo Rei em Ivaí - Paraná - Brasil. Equipe: Sérgio, Ademar, Luiza, Pamela, Ana Flávia e Emanuele juntamente com as turmas da catequese. Missas realizadas todo 3° sábado de cada mês

Salmo 23 Composta pelo saudoso Frei Fabreti,OFM.
.
Pelos prados e campinas verdejantes eu vou, É o Senhor que me leva a descansar! Junto às fontes de águas puras repousantes eu vou. Minhas forças, o Senhor vai animar!
.
Tu és, Senhor, o meu Pastor. Por isso nada em minha vida faltará! (2x)
.
Nos caminhos mais seguros junto dele, eu vou E pra sempre o seu nome eu honrarei! Se eu encontro mil abismos nos caminhos, eu vou: Segurança sempre tenho em suas mãos.
.
Tu és senhor, o meu Pastor. Por isso nada em minha vida faltará! (2x)
.
Ao banquete, em Sua casa, muito alegre eu vou! Um lugar em sua mesa, me preparou. Ele unje minha fronte e me faz ser feliz E transborda a minha taça em seu Amor
.
Tu és, Senhor, o meu Pastor Por isso nada em minha vida faltará! (2x)
.
Bem à frente do inimigo, confiante eu vou! Tenho sempre o Senhor junto de mim Seu cajado me protege e eu jamais temerei Sempre junto do Senhor eu estarei!
.
Tu és, Senhor, o meu Pastor Por isso nada em minha vida faltará (2x)
.
Com alegria e esperança caminhando eu vou! Minha vida está sempre em suas mãos E na casa do Senhor eu irei habitar E esse canto para sempre irei cantar!
.
Tu és, Senhor, o meu Pastor Por isso nada em minha vida faltará (2x)

"Salmos, 22 (Tradução hebraica Salmos 23)
.
1.Salmo de Davi. O Senhor é meu pastor, nada me faltará. 
2.Em verdes prados ele me faz repousar. Conduz-me junto às águas refrescantes, 
3.restaura as forças de minha alma. Pelos caminhos retos ele me leva, por amor do seu nome. 
4.Ainda que eu atravesse o vale escuro, nada temerei, pois estais comigo. Vosso bordão e vosso báculo são o meu amparo. 
5.Preparais para mim a mesa à vista de meus inimigos. Derramais o perfume sobre minha cabeça, e transborda minha taça. 
6.A vossa bondade e misericórdia hão de seguir-me por todos os dias de minha vida. E habitarei na casa do Senhor por longos dias." 


Qual o valor de uma oração de intercessão?



Muitas vezes, os cristãos se dispõem a interceder pela conversão de alguém que se encontra numa situação de pecado ou se destruindo por um vício. Surge, porém, uma dúvida: quem recebe uma oração de intercessão tem a sua liberdade destruída?
A resposta católica de hoje tenta mostrar a relação existente entre a ação de Deus e a liberdade de uma pessoa que é alvo de uma oração de intercessão.


8 de set de 2017

ORAÇÃO PODEROSA DE LIVRAMENTO.



Jesus, estendei as vossas mãos agora sobre mim, livrando-me dos desastres, dos assaltos, das violências, das invejas e de todas as obras de feitiçarias.
.
Ó mestre Jesus, ilumina os meus pensamentos e meus caminhos, afim de que, onde quer que eu vá, não encontre empecilhos. E guiado pela vossa luz, me desvie de todas as armadilhas preparadas por meus adversários.
.
Jesus abençoe toda a minha família, o meu trabalho, o meu pão de cada dia e a minha casa, cobrindo com o seu poder e dando-nos prosperidade, fé, amor, alegrias e felicidades. Porque em paz me deitarei, em paz dormirei; e em paz também andarei; porque só tu Senhor me faz andar em segurança.
.
O Senhor escutar esta minha oração, porque eu invocarei o seu nome de dia e de noite. E o Senhor mostrará a minha salvação. 

Amém”

SALMOS:136 Hebraico 137)

1 Às margens dos rios de Babilônia, nos assentávamos chorando, lembrando-nos de Sião. 
2.Nos salgueiros daquela terra, pendurávamos, então, as nossas harpas, 
3.porque aqueles que nos tinham deportado pediam-nos um cântico. Nossos opressores exigiam de nós um hino de alegria: Cantai-nos um dos cânticos de Sião. 
4.Como poderíamos nós cantar um cântico do Senhor em terra estranha? 
5.Se eu me esquecer de ti, ó Jerusalém, que minha mão direita se paralise! 
6.Que minha língua se me apegue ao paladar, se eu não me lembrar de ti, se não puser Jerusalém acima de todas as minhas alegrias. 
7.Contra os filhos de Edom, lembrai-vos, Senhor, do dia da queda de Jerusalém, quando eles gritavam: Arrasai-a, arrasai-a até os seus alicerces! 
8.Ó filha de Babilônia, a devastadora, feliz aquele que te retribuir o mal que nos fizeste! 
9.Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo!



29 de ago de 2017

DEVERES DOS FIEIS -EPÍSTOLA A TITO 3:1-11

"Admoesta-os a que sejam submissos aos magistrados e às autoridades, sejam obedientes, estejam prontos para qualquer obra boa, não falem mal dos outros, sejam pacíficos, afáveis e saibam dar provas de toda mansidão para com todos os homens. 
Porque também nós outrora éramos insensatos, rebeldes, transviados, escravos de paixões de toda espécie, vivendo na malícia e na inveja, detestáveis, odiando-nos uns aos outros. Mas um dia apareceu a bondade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com os homens. 
E, não por causa de obras de justiça que tivéssemos praticado, mas unicamente em virtude de sua misericórdia, ele nos salvou mediante o batismo da regeneração e renovação, pelo Espírito Santo, que nos foi concedido em profusão, por meio de Cristo, nosso Salvador, para que a justificação obtida por sua graça nos torne, em esperança, herdeiros da vida eterna. 
Certa é esta doutrina, e quero que a ensines com constância e firmeza, para que os que abraçaram a fé em Deus se esforcem por se aperfeiçoar na prática do bem. 
Isto é bom e útil aos homens. 
Quanto a questões tolas, genealogias, contendas e disputas relativas à lei, foge delas, porque são inúteis e vãs. 
O homem que assim fomenta divisões, depois de advertido uma primeira e uma segunda vez, evita-o, visto que esse tal é um perverso que, perseverando no seu pecado, se condena a si próprio."

Paulo,apóstolo de Cristo.

28 de ago de 2017

MÃE MARIA( hoje dia de Santo Agostinho)



Apresentado pelo Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, o programa Mãe Maria é um tempo dedicado à reflexão e oração, à luz do Evangelho proposto pela liturgia de cada dia. Inspirada no exemplo de Nossa Senhora, a reflexão ilumina a realidade, o caminhar da Igreja e a vida de cada discípulo missionário de Cristo Jesus.

Evangelho citado no vídeo Mateus 23, 13-22

13 Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Vós fechais aos homens o Reino dos céus. Vós mesmos não entrais e nem deixais que entrem os que querem entrar. 
14[Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Devorais as casas das viúvas, fingindo fazer longas orações. Por isso, sereis castigados com muito maior rigor.] 
15 Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Percorreis mares e terras para fazer um prosélito e, quando o conseguis, fazeis dele um filho do inferno duas vezes pior que vós mesmos. 
16 Ai de vós, guias cegos! Vós dizeis: Se alguém jura pelo templo, isto não é nada; mas se jura pelo tesouro do templo, é obrigado pelo seu juramento. 17 Insensatos, cegos! Qual é o maior: o ouro ou o templo que santifica o ouro? 18 E dizeis ainda: Se alguém jura pelo altar, não é nada; mas se jura pela oferta que está sobre ele, é obrigado. 19 Cegos! Qual é o maior: a oferta ou o altar que santifica a oferta? 20 Aquele que jura pelo altar, jura ao mesmo tempo por tudo o que está sobre ele. 
21 Aquele que jura pelo templo, jura ao mesmo tempo por aquele que nele habita. 22 E aquele que jura pelo céu, jura ao mesmo tempo pelo trono de Deus, e por aquele que nele está sentado. 


ORAÇÃO DE SANTO AGOSTINHO.


"Teu desejo é a tua oração; se o desejo é contínuo, também a oração é contínua. Não foi em vão que o Apóstolo disse: Orai sem cessar (1Ts 5,17). Ainda que faças qualquer coisa, se desejas aquele repouso do Sábado eterno, não cessas de orar. Se não queres cessar de orar, não cesses de desejar."  SANTO AGOSTINHO
  



ORAÇÃO DE SANTO AGOSTINHO.

Diante de Vós, Senhor, apresentamos o fardo dos nossos crimes e simultaneamente as feridas que por causa deles recebemos.

Se pensarmos no mal que fizemos, é bem pouco o mal que sofremos e muito maior o que merecemos. Foi grave o que ousamos cometer e leve o que agora sofremos. Sentimos que é dura a pena do pecado e no entanto não nos decidimos deixar a ocasião dele. A nossa fraqueza geme esmagada sob o peso dos castigos com que nos punis justamente, e a nossa maldade não quer se desfazer dos seus caprichos. O espírito anda atormentado, mas a cerviz não se verga.
  
A nossa vida suspira no meio das dores e não nos corrigimos.
  
Se contemporizardes conosco, não nos emendamos, e se tirais de nós vingança, gritamos que não podemos. Se nos castigais, sabemos declarar que somos réus, mas se afastais por um pouco a Vossa ira, esquecemos logo o que deploramos.
  
Se levantardes a mão, logo prometemos a emenda, se retirais a espada, já nos esquecemos da promessa. Se nos feris, gritamos que nos perdoeis, se nos perdoais logo entramos de Vos provocar. Tendes-nos aqui, Senhor, diante de Vós, confessamos os nossos pecados; se Vos não amerceais de nós, aniquilar-nos-á a Vossa justiça.
  
Concedei-nos Pai onipotente, o que sem merecimento algum de nossa parte Vos pedimos, Vós que nos tirastes do nada. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Amém.
  
V. Senhor, não nos trateis segundo os nossos pecados.

 R. Nem nos castigueis segundo as nossas iniqüidades.
  
Oremos -
Ó Deus, a quem o pecado ofende e a penitência propicia, olhai favoravelmente para as preces do Vosso povo e relegai para longe os vossos castigos da Vossa ira, que merecemos com os nossos pecado. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Amém.


25 de ago de 2017

QUANDO OS DISCÍPULOS FORAM CHAMADOS DE CRISTÃOS.


Comentário: (ATOS 11-21,26)
No versículo 24 podemos entender que uma grande multidão uniu-se ao Senhor, por causa do exemplo de fé de Barnabé e por ser um homem cheio do Espírito Santo, vejam bem, se uniram ao SENHOR e não a Barnabé.

Irmãos, portanto evangelizar é um serviço para Deus, mostrar as pessoas que querem ser salvas em Jesus Cristo como é bom ter Fé, como a Fé nos liberta, nos faz felizes e mais fortes diante da vida, nunca para vangloriar-se diante dos homens, pois quando as pessoas se aproximam de alguém dessa forma é idolatria, não é Fé no Senhor, pode ser apenas a admiração por alguém que transmite o que gostamos de ouvir, nos agrada, mas não é Fé em nada, entretanto poderemos seguir o exemplo das pessoas de Fé, seus testemunhos, pois são verdadeiras instrumentos de Deus, mas nunca esquecer de elevar sempre nossos corações apenas ao Senhor como centro, que nunca nos decepciona e sempre prevalece.
.
E Barnabé e Saulo juntos com a comunidade, instruindo, mostrando o verdadeiro caminho foram chamados de cristãos pela primeira vez em Antioquia, o que quer dizer seguiam as doutrinas e mandamentos de Jesus Cristo.
21 A mão do Senhor estava com eles e grande foi o número dos que receberam a fé e se converteram ao Senhor.
22 A notícia dessas coisas chegou aos ouvidos da Igreja de Jerusalém. Enviaram então Barnabé até Antioquia.
23 Ao chegar lá, alegrou-se, vendo a graça de Deus, e a todos exortava a perseverar no Senhor com firmeza de coração, 24 pois era um homem de bem e cheio do Espírito Santo e de fé. Assim uma grande multidão uniu-se ao Senhor.
25 Em seguida, partiu Barnabé para Tarso, à procura de Saulo. Achou-o e levou-o para Antioquia.
26 Durante um ano inteiro eles tomaram parte nas reuniões da comunidade e instruíram grande multidão, de maneira que em Antioquia é que os discípulos, pela primeira vez, foram chamados pelo nome de cristãos.


12 de ago de 2017

SOU UM MILAGRE E VOCÊ? Edição de postagem: Publicação pela primeira vez em 06/10/2011




"Musica linda da BANDA LOUVOR E GLÓRIA que fala muito ao meu coração, pois eu sou um milagre de Deus.
Fui vitima da poliomielite (Paralisia infantil) com um ano e três meses de vida, sendo que na época a doença era fatal na maioria das vitimas e se sobrevivessem ficariam com sequelas graves, em mim ela causou apenas fraqueza muscular e óssea na perna direita... 
Isso me causa dificuldades para caminhar, problemas na coluna, dor e preconceito.
Contudo é minha Cruz e a carrego como parte mim, e entendo que Deus quis que eu sobrevivesse e eu estou aqui, O servindo como Seu milagre...  
Rivaldo R.Ribeiro"

Meus queridos irmãos(as) cada um de nós SOMOS UMA MILAGRE DE DEUS, eu fui vítima de um vírus, mas cada um de nós enfrentamos tantos e vários desafios e vencemos e podem estar certo porque Deus quis, porque Ele estava junto a cada um de nós nesses momentos cruciais, então LOUVEMOS A DEUS pela nossa vida e saúde.
OREMOS EM AGRADECIMENTO ao PAI ETERNO que nos concedeu esse dom do sentir, do caminhar, do respirar, do amor, do admirar, do sabor dos alimentos...do ato de viver.
AMÉM!  

*******
SOU UM MILAGRE(Letra da música)

Nunca houve noite, que pudesse impedir
O nascer do sol e a esperança
E não há problema que possa impedir
As mãos de Jesus pra me ajudar
Haverá milagre dentro de mim
Vem descendo o rio pra me dar a vida
Este rio que emana lá da cruz
Do lado de Jesus

Aquilo que parecia impossível
Aquilo que parecia não ter saída
Aquilo que parecia ser minha morte
Mas Jesus mudou minha sorte
Sou um milagre, estou aqui

Usa-me sou o teu milagre
Usa-me quero te servir
Usa-me sou a tua imagem
Usa-me ó filho de Davi
  

OBS. Edição de postagem: Publicação pela primeira vez em 06/10/2011

25 de jul de 2017

QUAL A DEFINIÇÃO DE UM SACERDOTE DA IGREJA CATÓLICA?

(Do latim Sacerdos – sagrado; e otis – representante, portando "representante do sagrado") é uma autoridade ou ministro religioso, habilitado para dirigir ou participar em rituais sagrados de uma religião em particular.
Portanto eu concordo com as críticas do Pe. Paulo Ricardo a alguns padres que se apresentam como ARTISTAS, que fogem totalmente da conduta de um APOSTOLO DO SENHOR JESUS.
Falam de Cristo nas suas músicas, mas se apresentam de forma que denigre o objetivo espiritual das músicas religiosas que são Orações de louvores a Deus.
Nós católicos temos que acordar e compreender o que seja uma verdadeira religião e FÉ EM DEUS, não o que estamos vendo apenas divertimento mundano, para isso existem os clubes e casas de espetáculos.



Catholicam Romani


23 de jul de 2017

PARÁBOLA JOIO E O TRIGO



Apresentado pelo Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, o programa Mãe Maria é um tempo dedicado à reflexão e oração, à luz do Evangelho proposto pela liturgia de cada dia. Inspirada no exemplo de Nossa Senhora, a reflexão ilumina a realidade, o caminhar da Igreja e a vida de cada discípulo missionário de Cristo Jesus.

Evangelho (Mt 13,24-43): 
Jesus apresentou-lhes outra parábola: «O Reino dos Céus é como alguém que semeou boa semente no seu campo. Enquanto todos dormiam, veio seu inimigo, semeou joio no meio do trigo e foi embora. Quando o trigo cresceu e as espigas começaram a se formar, apareceu também o joio.
.
»Os servos foram procurar o dono e lhe disseram: ‘Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Donde veio então o joio? ’ O dono respondeu: ‘Foi algum inimigo que fez isso’. Os servos perguntaram ao dono: ‘Queres que vamos retirar o joio?’ ‘Não!’, disse ele. ‘Pode acontecer que, ao retirar o joio, arranqueis também o trigo. Deixai crescer um e outro até a colheita. No momento da colheita, direi aos que cortam o trigo: retirai primeiro o joio e amarrai-o em feixes para ser queimado! O trigo, porém, guardai-o no meu celeiro!’».
.
Jesus apresentou-lhes outra parábola ainda: “O Reino dos Céus é como um grão de mostarda que alguém pegou e semeou no seu campo. Embora seja a menor de todas as sementes, quando cresce, fica maior que as outras hortaliças e torna-se um arbusto, a tal ponto que os pássaros do céu vêm fazer ninhos em seus ramos».
.
E contou-lhes mais uma parábola: “O Reino dos Céus é como o fermento que uma mulher pegou e escondeu em três porções de farinha, até que tudo ficasse fermentado».
.
Jesus falava tudo isso em parábolas às multidões. Nada lhes falava sem usar de parábolas, para se cumprir o que foi dito pelo profeta: ‘Abrirei a boca para falar em parábolas; vou proclamar coisas escondidas desde a criação do mundo’».
.
Então Jesus deixou as multidões e foi para casa. Seus discípulos aproximaram-se dele e disseram: “Explica-nos a parábola do joio!».
.
Ele respondeu: «Aquele que semeia a boa semente é o Filho do Homem. O campo é o mundo. A boa semente são os que pertencem ao Reino. O joio são os que pertencem ao Maligno. O inimigo que semeou o joio é o diabo. A colheita é o fim dos tempos. Os que cortam o trigo são os anjos. Como o joio é retirado e queimado no fogo, assim também acontecerá no fim dos tempos: o Filho do Homem enviará seus anjos e eles retirarão do seu Reino toda causa de pecado e os que praticam o mal; depois, serão jogados na fornalha de fogo. Ali haverá choro e ranger de dentes. Então os justos brilharão como o sol no Reino de seu Pai. Quem tem ouvidos, ouça».

Texto fonte: http://evangeli.net/


21 de jul de 2017

OUTRA MARGEM DO LAGO: Wagner Pedro de Menezes


Estamos habituados a cevar nossos pesqueiros e neles nos acomodar. Ali, acreditamos, estão os melhores peixes, já viciados com nosso trato constante e nossa visita frequente. Tanto nós, quanto eles, não mais consideramos as possibilidades de mudanças. Se o resultado da pesca traiçoeira ou do alimento fácil diminuir, atribui-se o fracasso ao tempo, às águas turvas ou mesmo à lua imprópria, o mês, a época. Tanto o pescador há de insistir em voltar ao pesqueiro, quanto o peixe fará incursões constantes ao local onde encontra alimento fácil. Mas há outras margens, outros locais de possibilidades e resultados mais positivos que na ceva bem tratada.
.
Tal ensinamento deriva da personalidade inquieta dum mestre por excelência, que não estacionava sua atividade e busca de resultados num único lugar. Jesus, o “pescador” que bem conhecia o lago e suas cercanias, lançava seu “anzol” e suas “redes” em todas as direções, sem as preocupações acomodadas daqueles que preferem o lugar comum, o cenário habitual, o cardume que bem alimentam em seus redis, suas lagoas particulares. Não estacionava nunca; ia e vinha. Voltava para sua cidade, sem perder de vista o horizonte infindo de outras paragens onde pudesse cevar suas ideias, seu pensamento transformador. Aos paralisados à beira do seu caminho, encorajava e perdoava suas faltas, desafiando a se levantarem. Mas aos que estranhavam essa quase blasfêmia de atribuir a si uma ação que se julgava exclusividade divina, desafiava: O que é mais fácil, curar um paralítico ou perdoar seus pecados? E para provar sua origem e missão, ensinava ao conterrâneo: 
“Pega a tua cama e vai para tua casa” (Mt 9,8).
.
Voltar para casa, depois de anos estacionado na mesmice de uma vida mendicante, não pode ser considerado um conselho de acomodação pura e simples. Talvez um momento de restauração de forças, reposicionamento de ideias e reconciliação com os seus. Pois a um paralítico que por anos se habituou a uma vida sedentária, vivendo das esmolas dos doutores da lei e senhores da sociedade, a vida nova que a saúde – física e espiritual – que agora fazia vibrar em seu ser o faria um caminhante sem fronteiras e um arauto das novas energias que impulsionavam seu coração. Não estacionaria às margens daquele laguinho de incertezas que por anos dominou o cenário de sua existência, posto que outras margens e lagos, outras cidades e recantos poderia percorrer com seus próprios pés. O milagre que recebeu tirou-lhe o imobilismo da ração fácil e de uma existência sem grandes pretensões.
.
Essa é a dinâmica de uma consciência missionaria. Não estacionar, não se deixar “cevar” pelo comodismo, pelo medo de atravessar o lago e conhecer a outra margem, a realidade nua e crua daqueles que se deixam paralisar no conformismo com sua pequena realidade domestica. Uma igreja missionária vai e volta, contorna ou atravessa os “lagos” que nos dividem, olha o horizonte com o desejo de novas “empreitadas” em águas mais profundas, em realidades tão ou mais desafiadoras que aquelas que cercam nosso mundinho, nosso quintal… Para tanto, por primeiro há de se restaurar o imobilismo dos que nos cercam – os de nossa casa, nossa comunidade – para só então lançar as redes, alimentar outros “pesqueiros” com o ardor missionário restaurado por Cristo e renovado pela descoberta pessoal de que são nossos os pés daqueles que irão construir um mundo novo. Do outro lado do lago, às suas margens, também encontraremos Cristo e sua barca, a nos fazer companhia e dizer as palavras habituais nos momentos críticos: 
“Coragem, filho! Levanta-te e anda”.


16 de jul de 2017

Hino Oficial do Escapulário!!! - Nossa Senhora do Carmo



Hino Oficial do Escapulário!!! - Nossa Senhora do Carmo

“O Escapulário é um sinal de aliança com Nossa Senhora, e exprime nossa consagração a Ela. Seu uso é um poderoso meio de afervorar os que vivem em estado de graça e de converter os pecadores. Deus não deixa sem recompensa nenhum benefício feito a uma pessoa necessitada, mesmo um simples pedaço de pão dado a um indigente." - Comemoração Dia: 16/07

Clique aqui para ver todas as publicações sobre Nossa Senhora do Carmo.  

Padre Fabio de Melo defende uniões Gay e Padre Paulo Ricardo o corrige



Padre Fabio De Melo Defende Uniões Gay e Padre Paulo Ricardo O Corrige.

27 de jun de 2017

ORAÇÃO PELOS FALECIDOS


Unamo-nos em oração pela alma de quem foi chamado à eternidade

Pai Santo, Deus Eterno e Todo-Poderoso,
nós vos pedimos por aqueles
a quem chamastes deste mundo..
Dai-lhes a felicidade, a luz e a paz..
Que eles, tendo passado pela morte,
participem do convívio de vossos santos na luz eterna,
como prometestes a Abraão e à sua descendência..
Que a sua alma nada sofra,
e vos digneis ressuscitá-los com os vossos santos
no dia da ressurreição e da recompensa..
Perdoai-lhes os pecados,
para que alcancem junto a Vós
a vida imortal no Reino eterno.
.
Por Jesus Cristo, Vosso Filho,
na unidade do Espírito Santo.
.
Amém.
(Rezar Pai-Nosso e Ave-Maria)
.
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno
e brilhe para eles a vossa luz! (3 vezes).

Texto:  https://pt.aleteia.org